segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Inépcia.

Consumo minha alma por coisas terrenas
Tão miseras quanto efêmeras
Que descuido do meu “Ser”;
Enquanto que inconsciente busco apenas o que os outros querem ver.
Se assim permanecer,
Irei padecer,
Até morrer.

Jane Bem

2 comentários:

  1. Sou meio suspeito para falar , mas ficou lindo!
    jajá tu vai ter tua cadeira na ABL... =D
    Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Lindo Jane!
    O SER como o alimentamos?
    Bjoo

    ResponderExcluir